Tutorial: dream catcher – filtro dos sonhos

filtro dos sonhos

A Fe Nobrega fez um passo a passo ensinando a fazer um filtro dos sonhos, o famoso dream catcher norte-americano. Gentilmente, ela atendeu ao meu pedido para publicar o tutorial aqui também, para que as leitoras do BananaCraft também tenham a chance de aprender a fazer.

Passo a passo
1 – Aro (bastidor, cipó, …), barbante(fio encerado,…), tesoura, penas, miçangas, penduricos…
2. Revista o aro com o barbante e arremate com um nó bem reforçado.
3. Corte um pedaço de mais ou menos dois metros de barbante e vá dando voltas, marcando os pontos com a mesma distância um do outro. Tem que ser número ímpar. Ao terminar cada volta, passe a linha por dentro dela mesma. Por fim, una os dois últimos pontos.
4. Detalhe do ponto.
5. Faça a volta toda.
6. Ao terminar cada volta, passe a linha por dentro dela mesma e continue, agora pegando a linha. Por fim, una os dois últimos pontos.
7. Vá tecendo, repetindo o passo anterior.
8. Faça a teia até quase fechá-la. Então, de um nó e corte o que sobrou da linha.
9. Amarre os enfeites no aro.

A Fe também enviou um texto, explicando o que são os filtros de sonhos.

Dream Catcher – Filtro dos Sonhos
Os dream catchers chegaram ao Brasil vindos dos EUA. Mas lá eles estão longe de ser uma moda passageira. Quase todas as tribos de índios americanos de várias nações há muitos anos já os incorporaram às suas tradições. E as lendas sobre eles correm por toda a parte.
Embora hoje todas estas nações indígenas produzam seus próprios dream catchers, a história dos filtros começa com os índios Ojibwe (ou Chippewa).
A história dos dream catchers
Os sonhos desempenhavam um papel fundamental na vida dos Ojibwe. Para este povo que vivia na região dos Grandes Lagos americanos e que hoje também se espalham por outras regiões do Novo México, aprender a decifrar as mensagens reveladas nos sonhos era a tarefa mais importante que as pessoas tinham durante sua passagem pela Terra. Por causa disto, o dream catcher era uma ferramenta essencial.
O filtro de sonhos, como ficou conhecido em português, na verdade, não é um filtro, é uma teia. Os Ojibwe acreditam que, quando a noite cai, o ar se enche de sonhos, bons e ruins. Alguns destes sonhos, mesmo sendo pesadelos, podem conter uma mensagem importante do Grande Espírito para nós. Então, na verdade, estes sonhos são bons sonhos. Mas existem muitos outros sonhos e energias ruins flutuando à nossa volta e que não são nossos. Estes é que podem nos fazer mal. É justamente para estes sonhos e energias ruins que existem os dream catchers.
A tradição manda que as teias coloridas sejam penduradas sobre o berço dos bebês e a caminha das crianças. Os sonhos bons, sabendo exatamente onde ir, conseguem passar pelo buraco central da teia, ao passo que os sonhos ruins ficam perdidos e acabam presos nos fios. Quando os primeiros raios de sol surgem, os sonhos maus desaparecem. Os círculos são feitos com ramos flexíveis de salgueiros e revestidos com tiras de couro.
Uma pena é colocada no centro, representando o ar ou a respiração, essencial para a vida. O bebê, observando a pena dançar ao vento, aprende uma lição sobre a importância do ar. Além disto, a pena de coruja, feminina, simboliza a sabedoria. A pena de águia, masculina, serve para dar coragem.
Para captar os sonhos dos adultos, os dream catchers são trançados em fibra e não com ramos de salgueiros. Por isso, são mais resistentes.
Como a aranha deu a teia de sonhos para os seres humanos
Existem muitas histórias relacionadas com aranhas e mulheres-aranhas entre as várias nações de índios americanos. Em muitas destas tradições, por exemplo, a mulher-aranha é um personagem fundamental e sábio, ora mensageira do Sol, ora avó do próprio Sol e organizadora da vida na Terra. Existem várias lendas relacionadas com os dream catchers. Esta que escolhemos é apenas uma das versões.
Um aranha fiava sua teia próximo à cama da avó (Nokomi). Todos os dias ela observava a aranha trabalhar. Alguns dias depois, o neto entrou e, ao ver a aranha na teia, pegou uma pedra para matá-la. Mas a avó não deixou. O garoto achou estranho, mas respeitou o seu desejo. A velha mulher voltou-se para observar mais uma vez o trabalho do animal e, então, a aranha falou: “Obrigada por salvar minha vida. Vou dar-lhe um presente por isso. Na próxima Lua nova vou fiar uma teia na sua janela. Quero que você observe com atenção e aprenda como tecer os fios. Porque esta teia vai servir para capturar todos os maus sonhos e as energias ruins. O pequeno furo no centro vai deixar passar os bons sonhos e fazê-los chegarem até você. Quando a Lua chegou, a avó viu a aranha tecer sua teia mágica e, agradecida, não cabia em si de felicidade pelo maravilhoso presente: “Aprenda”, dizia a aranha. Finalmente, exausta, a avó dormiu. Quando os primeiros raios de sol surgiram no céu ela acordou e viu a teia brilhando como jóia graças às gotas de orvalho capturadas nos fios. A brisa trouxe penas de pomba que também ficaram presas na teia, dançando alegremente e, por último, um corvo pousou na teia e deixou uma longa pena pendurada. Por entre as malhas da teia, o Pai Sol sorria alegremente. E a avó, feliz, ensinou todos da tribo a fazerem os filtros de sonhos. E até hoje eles vêm afastando os pesadelos de muita gente. Quem sabe não vai funcionar com você também?

Para saber mais:
Erva Cidreira, o Flickr da Fe Nobrega
Spiritual Network, site de onde a Fe retirou o texto acima

Obrigada, Fe!

15 comentários sobre “Tutorial: dream catcher – filtro dos sonhos

  1. Só gostaria de adicionar uma correção ao texto… O “filtro dos sonhos” não precisa obrigatoriamente ser “amarrado” em numeros impares, na verdade a tradição é fazer 7 pontos(representando as 7 profecias), 8 pontos (representando as 8 patas da aranha ou as 8 direçoes sagradas) e 16 pontos (representando as 16 luas), más isso é só tradição, o que vale na verdade é a intenção , pensamentos positivos, e luz na hora de fazer ou intuição no caso de comprar seu filtro, não importando ter 30 ou 7 pontos ! abraço !

    Curtir

  2. Corrigindo meu próprio cometário agora q eu li são 13 luas e não 16 ! -13 é o correto – uhauhauhaa ao invez de apertar 1 e 3 eu apertei 1e 6 nos meu teclado , desculpem ! abraço !

    Curtir

  3. Olá eu faço filtros já há algum tempo, mais não consigo desenvolver novos pontos gostaria de saber se vocês tem como me mandar um passo a passo de outros pontos alem dos normais?
    desde já sou muito grato!!!!!!!!LUZ PAZ E AMOR

    Curtir

  4. TINHA ESQUCIDO DE DIZER NO COMENTARIO ACIMA MEU NOME É DAVIDSON, MORO EM BRASILIA E AMO ARTEZANATOS DE TODAS AS FORMAS.

    Curtir

  5. Poxa! Que linda a história! Vou fazer uma pra minha colega então vou atrás dos materiais xD ela tá precisando bastante…

    Bons sonhos pra todos vocês e muita paz!

    Curtir

  6. Adorei!!! =D
    Já coloquei a mão na massa e tentei fazer um filtro dos sonhos, o primeiro ficou um tanto tortinho, tive um pouco de dificuldade na parte dos nós, mas agora já peguei o jeito e vou tentar fazer outros até ficarem lindões tal qual o seu. =)

    bjão! =**

    Curtir

  7. Boa noite!

    Bem, não sei se alguém tem acompanhado com frequencia, mas gostaria de saber se alguem faria um desses para me vender sob encomenda…

    Caso alguém veja esta mensagem, estarei esperando no endereço nannos_d3@msn.com para tratarmos mais afundo do assunto.

    Agradeço a atenção

    E PARABÉNS pelo EXCELENTE post!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s