Tutorial: lava-tudo de plástico bordado em ponto cruz

lava tudo bordado

A história deste tutorial é longa… Começou há uns quatro anos, quando eu comprei um desses lava-tudo de plástico, furadinho, verde, para bordar. Ele ficou guardado um tempão, até o dia em que eu resolvi mandá-lo para doação, por falta de uso. No ano passado, encontrei o mesmo modelo de lava-tudo plástico no supermercado e comprei de novo, dessa vez o branco que você vê nas fotos. Mas não tinha conseguido bordar até agora, provavelmente porque a mudança me deixou com muitas coisas extras na cabeça.

lavatudobordado2

lavatudobordado3

O lava-tudo originalmente é assim: todo furadinho. É possível bordar ponto cruz nele, embora os furos não formem quadrados perfeitos, porque não são todos exatamente do mesmo tamanho. Mas funciona, embora seja um pouco diferente de bordar em tecido.

lavatudobordado4

Como o plástico é muito mais rígido e muito menos maleável do que o tecido, é preciso lançar mão de alguns truques para que os pontos se formem. Uma das mãos – no meu caso, a direita, porque eu sou canhota – precisa ficar sempre segurando o fio de linha na parte de dentro da cestinha.

lavatudobordado5

E o fio inicial precisa ficar longo como o laranja que aparece na foto. Isso porque ele só vai ser preso no final. Durante todo o bordado, ele vai sendo preso à medida que os pontos vão se formando.

lavatudobordado6

lavatudobordado7

lavatudobordado8

Mas para arrematar mesmo, o jeito é dar um nó reforçado usando o fio longo do início do bordado, que foi sendo preso pela parte de trás e levado junto até o final, onde é amarrado. Um avesso bem imperfeito, eu sei. Só que funciona!

lavatudobordado9

Eu escolhi bordar corações porque estou com eles na cabeça, culpa de um outro projeto que estou planejando fazer. Como para bordar o lava-tudo, eu imaginei que o ideal fosse uma figura simples, que não precisasse ficar trocando muito a cor da linha, o coração foi o ideal. Além disso, como os quadrados são grandes, se comparados com os do étamine, por exemplo, não podia ser nada muito elaborado.

Sobre a linha: usei o fio inteiro, sem dividir ao meio como é tradicional se fazer quando se borda em tecido. Isso porque os furos da cestinha são grande e eu queria que ficassem bem preenchidos. E não se pode economizar na hora de cortar a linha. Porque é o ideal é que não se precise fazer emendas no meio do bordado. Se tiver que fazer, vai ser um nó a mais no verso… Por isso, corte um pedaço bem grande na primeira vez e depois, à medida que vai bordando, você vai saber o quanto precisa para cada coração.

lavatudobordado10

lavatudobordado11

Bordar em plástico é bem divertido. Não demora mais do que se fosse no tecido e é gostoso ter uma tela mais firme nas mãos. Além disso, o efeito final é mais contemporâneo e atual do que quando se borda no étamine. Por tudo isso, se alguém aí tiver alguma ideia de outro objeto do cotidiano que seja furadinho e apropriado para bordar ponto cruz, conta que eu vou adorar saber!

Se você prestou atenção na foto inicial e na última, vai ver que tem um guardanapo dentro da cestinha. Amanhã eu mostro o tutorial de como ele foi feito. Sua função é decorativa e também camufladora. Como o avesso não ficou muito belo, fiz o guardanapo para esconder os nozinhos e também para dar um charme extra.

 

Para saber mais:

Lava-tudo com pegador, da Plasútil

Na loja virtual da Plasútil, tem o lava-tudo e custa R$2,90

27 comentários sobre “Tutorial: lava-tudo de plástico bordado em ponto cruz

  1. ESSE TRABALHO ME LEMBROU MEUS TEMPOS DE ESCOLA
    TINHAMOS UMA MATÉRIA QUE NÃO ME LEMBRO O NOME
    E A PROFESSORA NOS ENSINAVA COSTURAR BOTÕES, FAZER BAINHA E EM UMA DAS AULINHAS ELA NOS FEZ BORDAR NESSE UTENSÍLIO, AQUI CHAMAMOS DE ESCORREDOR,
    AMEI, FICOU SUPER FOFO E ME FEZ VIAJAR UM TIQUIM
    BJ BOM DIA

    Curtir

  2. Daniele, a matéria devia ser “Artes Manuais”. Também tive na escola. Bons tempos aqueles. Hoje faço muita coisa que aprendi lá. E a garotada não sabe nem pregar botão.

    Curtir

    • Eu também tive aulas de trabalhos manuais na escola. Aprendi a fazer tricô e várias outras coisas. Também tive aula de Artes Culinárias – aprendi a fazer bolinho de batata com recheio de carne moída. Era uma delícia!!!
      Boas lembranças, né, Katia?

      Curtir

  3. Essa matéria na minha escola se chamava “educação para o lar”, tinha uma mini casa com cozinha, sala e etc.. E a professora nos ensinava a cozinhar, arrumar a casa e fazer artesanatos, bons tempos aqueles….e sobre o escorredor, se bordar ele ao contrário e colocar um puxador acho q vira um protetor de bolo vou tentar!!!! BJKSSSS

    Curtir

  4. Pingback: Tutorial de costura: guardanapo redondo » BananaCraft

  5. Simplesmente amei!!! Aqui em Fortaleza chamamos de escorredor! Amo ponto cruz e até tinha um desses na cor verde, mas acabei doando porque estou mudando as cores dos utensílios de cozinha pra branco e preto… mas quem sabe eu faço um desses pra colocar pão na mesa? Adorei!!! bjk

    Curtir

  6. Pingback: Mural de ímãs na cozinha | Meu Pequeno Apartamento

  7. Pingback: Ponto cruz gigante » BananaCraft

  8. Pingback: Home Sweet Home na cozinha | Meu Pequeno Apartamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s