Camiseta bordada em ponto cruz

camisetabordada1

Eu tenho visto vários tutoriais mostrando como bordar ponto cruz sobre tecidos que não têm a trama quadricular e, claro, precisava testar para ver se funciona. A ideia é usar um papel quadriculado sobre o pano, bordar e depois retirar o papel – que fica entre a linha e a roupa. Não parece muito prático? Concordo, mas eu já bordei tanta coisa na vida que precisava conferir. Olha só como foi a minha experiência!

camisetabordada2

Camiseta velha, uma maçã desenhada a mão num pedaço de papel quadriculado, linhas de bordar e vários alfinetes. Foi o meu material de trabalho…

camisetabordada3

Prendi o papel na camiseta. Começaram as dificuldades, porque a camiseta estica e fica complicado de deixar tudo no lugar em que deveria.

camisetabordada4

camisetabordada5

camisetabordada6

Com um gráfico simples como esse da minha maçã, rapidinho o bordado estava pronto. Essa parte foi fácil, fácil.

Aí, segundo os tutoriais variados que eu vi, era só colocar na água, encharcar bem o papel e retirar. Certo? Nada disso. Foi complicado pra caramba. E olha que eu usei uma folha simples, bem fina. Deixei a camiseta de molho em uma bacia com água por mais de 24 horas e, mesmo assim, foi dureza retirar todo o papel. Não gostei. Nada prático e o visual não fica grande coisa, porque ficam uns resquícios de celulose na linha…

camisetabordada7

camisetabordada8

Para completar a minha lista de coisas que não gostei, o bordado repuxou um pouco, porque a linha era bem grossa (usei linha de bordar, sem desfiar) e a malha da camiseta é elástica.

Mas essa parte do negócio foi culpa total minha. Eu bordo há anos e sei muito bem que malha de camiseta não se presta para bordar. Muito menos ponto cruz. Só que apaguei isso da minha mente quando decidi testar o projeto e fiquei com preguiça de mexer nas roupas de inverno para encontrar um suéter que servisse de cobaia.

Então, para que ninguém mais repita a minha façanha inglória, aí vai o conselho da Jenny Hart, autora dos famosos Sublime Stitching:

camisetabordada9

Basicamente, o que ela diz é que malha de camiseta, embora seja atraente para quem está começando, sempre tem um resultado frustrante. E, não, não é só para ela, não.

Combinado? Vamos deixar as camisetas para outros projetos e bordar em tecidos mais amigáveis!

 

Para saber mais:

Embroidered Effects – o livro de onde eu tirei o conselho sábio que está ali na foto

11 comentários sobre “Camiseta bordada em ponto cruz

  1. Dani, eu bordava com o etamine alinhavado na camiseta, transpassando a malha da camiseta. Depois do bordado terminado eu desfiava todo o étamine e o bordado ficava na camiseta. Fiz muitas assim. O ponto só tem que ser firme e uniforme.

    Curtir

    • Também estou pensando em outro projeto, Pati. Mas desta vez vou escolher um tecido mais amigável. Provavelmente, um casaquinho de lã ou algo do gênero 😉
      Quanto à malha, se usar entretela, o resultado fica melhor. Só que tem a inconveniência de ficar mais grosso na parte do bordado…
      Bjo

      Curtir

      • Oi, Dani!
        Obrigada por compartilhar esse teste.
        Agora, lembrei dos bordados da Isadora Quevedo. Ela é fera em bordados livres e ponto cruz.
        Me lembro que certa vez ela bordou uma camiseta, em ponto livre, com Tnt para dar sustentação. E ficou lindo! Será que o Tnt fica mais delicado que a entretela? Será que funciona também para ponto cruz?
        Bjs,

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s