Bolsinha de crochê reaproveitada

bolsinha de crochê

Lembra que ontem eu disse que a minha primeira tentativa de fazer uma niqueleira de crochê com fecho da vovó não havia dado certo? Pois não deu, porque eu segui um tutorial em inglês que encontrei na internet e, depois de tudo pronto, percebi que havia um erro de projeto. A maneira como a niqueleira ficava era desengonçada demais para o meu gosto. Eu queria uma que ficasse bacana. Você já sabe que a minha niqueleira com fecho da vovó ficou certinha e bonitinha, como devia ser. E o que sobrou da primeira tentativa acabou se transformando nessa bolsinha aí da foto.

bolsinha de croche

Olha só como tinha ficado a primeira versão da niqueleira: gorducha, desajeitada e feiosa. Então não tive dúvidas, soltei ela do fecho, reutilizei o fecho para fazer aquela vermelha que mostrei ontem e reaproveitei o crochê para criar uma bolsinha porta-trecos, para carregar na bolsa ou na mala.

Essa primeira tentativa de niqueleira não funcionou porque era feita toda inteira, como se fosse uma cestinha redonda, sem nenhum tipo de diminuição ou ajuste em relação ao fecho. A ideia era fazer uma base redonda e depois seguir com as carreiras até a altura desejada. Parecia fácil e, pelas fotos que eu tinha visto, não se notava que o resultado final não era o que eu esperava. Como não se ajustava, a niqueleira ficava meio torta, porque eu costurei o fecho aberto nela. Quando fechava o fecho, ela precisava se entortar para se adaptar à nova forma exigida. Por isso, se você quer fazer uma niqueleira de crochê com fecho da vovó, eu não recomendo esse tutorial de cesto redondo. Não, mesmo! Mas se a ideia é fazer um porta-trecos, aí, sim, vai funcionar 😉

bolsinha de croche

Fiz um forro de tecido japonês. Porque adorava essa estampa e tinha um retalho aqui, pedindo para ser usado. Presta atenção, para ver como é fofo: tem passarinho, árvore, morango, matryoshka, veadinho, esquilo, maçã, cogumelo, bolinha, xadrez, flor, laço… E as cores casavam bem com as que escolhi para fazer o crochê, então ficou perfeito.

bolsinha de croche

bolsinha de croche

Cortei o tecido arredondado, usando o crochê como molde. Costurei na máquina para formar o forro e depois prendi o forro a mão, com linha de bordar, no crochê. Também acrescentei uma alça feita de correntes num dos lados e um botão – forrado com o mesmo tecido do forro – no outro, para fechar a bolsinha.

bolsinha de croche

bolsinha de croche

Ficou fofa, principalmente se a gente pensar que era algo totalmente descartado, que ia parar no lixo, porque não valia nem a pena desmanchar, já que tinha usado pouquíssimo material.

bolsinha de croche

E aí estão as duas juntas: niqueleira com fecho da vovó e bolsinha. As duas de crochê, as duas para sempre interligadas na minha memória!

 

Para saber mais:

Niqueleira de crochê com fecho da vovó

3 comentários sobre “Bolsinha de crochê reaproveitada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s