Meu móvel por aí

molly-meg cupbpard

Para entender este post, você precisa clicar no link “Para continuar lendo” logo aqui abaixo. Porque vai ser preciso comparar as fotos para ver claramente do que eu estou falando. Sim, porque o quão bizarro pode ser você abrir um site e dar de cara com o móvel de segunda mão que você comprou a menos de um mês atrás estampando uma campanha publicitária de uma marca bacana? Óbvio, o móvel da foto publicitária não é o meu. Mas é exatamente igual, olha só!

vintage cupboard

A diferença está no vidro. O meu mantém as portas de vidro, enquanto que o da Molly-Meg não. Provavelmente porque vidros não fotografam bem, como você pode comprovar na minha foto, com reflexos e sombras. Agora a pergunta que não quer calar: será que esses móveis são originais da marca inglesa G-Plan? Ou são apenas inspirados nela? Eu posso descobrir isso se esvaziar o meu e puxar ele para a frente, para procurar o nome do fabricante, que está atrás. Só me falta tempo e disposição para isso. (Risos).

Afinal, como eu não quero vender o móvel, não faz nenhuma diferença, no momento, se é um original ou não. Eu estou muito feliz com ele, porque tem um visual vintage lindo, porque é muito funcional e tem espaço para guardar muita coisa, do jeito organizado que eu gosto. Então…

Pesquisar na internet pode ser uma opção, mas, de novo, falta tempo e disposição… (Mais risos).

 

Para saber mais:

Molly-Meg (vale a pena fuçar no site, porque eles têm coisas fofas, com um visual retrô ótimo!)

G-Plan

G-Plan Vintage

Para saber mais sobre a marca G-Plan

O meu móvel fica na sala de jantar (mais fotos aqui)

2 comentários sobre “Meu móvel por aí

  1. Que legal isso que aconteceu! A sensação é muito boa de comprar algo usado q estava sendo digamos descartado e depois ele surge assim como algo desejado. Há 5 anos pedi umas cadeiras para a minha sogra q ela descartou (inclusive deu para um funcionário e ele nem buscou) pois bem, qdo me mudei trouxe elas para minha casa e para minha surpresa as tais cadeiras são destas de design, começaram a aparecer nas revistas. Não tenho como saber se são originais, minha sogra só lembra que comprou em uma casa de decoração fina de POA, pois bem, tbm não me interessa, eu gosto delas e pronto. CADEIRA COSTELA DE MARTIN EISLER.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s