Bordado: tutorial de ponto atrás

frutas bordadas com ponto atrás

Várias pessoas me escreveram pedindo um tutorial de como fazer para transferir o desenho para o tecido, quando se vai bordar ponto atrás. Na verdade, existem várias formas e é impossível dizer qual a melhor. Cada pessoa faz do jeito que acha mais fácil e prático: desenhando direto no tecido com lápis ou com caneta cuja tinta fica invisível depois de algum tempo, usando papel carbono para transferir o desenho, copiando o desenho mantendo-o embaixo do tecido, usando transfers especiais para bordado… Eu desenho primeiro no papel e depois refaço o desenho, a mão livre, sobre o tecido, usando caneta especial. Olha só o tutorial!
Continuar lendo

Doce de pêra

Com a pereira transbordando, arrisquei um doce de pêra à moda antiga. Eu nunca tinha feito, então foi na sorte que ficou uma delícia. Usei aquela pêra bem dura, que aqui no Sul a gente chama de pêra-pau. Ela é azedinha e combina muito bem com o gosto doce da calda… De dar água na boca!


A dificuldade toda está em descascar e tirar o caroço das pêras. Como elas são bem duras, é preciso força e jeito (para não se cortar). Eu usei oito pêras de tamanho médio, um copo americano de açúcar e três copos americanos de água. Coloquei tudo em uma panela grande, com a tampa, e deixei ferver por aproximadamente 2 horas. É aconselhável mexer de vez em quando, para não ter perigo de grudar no fundo.

Depois é só esperar esfriar e aproveitar! Se quiser dar um gostinho de doce da vovó, coloque um pedaço de canela em pau e alguns cravos-da-índia inteiros. Você também pode esterilizar vidros e fazer compotas, guardando neles o doce ainda quente. Para quem gosta de doce bem doce, sugiro que coloque mais açúcar – o meu está azedinho. E boa sobremesa!

Para saber mais sobre a pêra.